O que é Clubhouse e como funciona? Saiba Tudo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

O Clubhouse é a nova rede social do momento. Disponível apenas para iPhone (iOS) e ainda em fase de testes, o novo app alcançou grande popularidade nas últimas semanas, e chamou a atenção de personalidades como Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, que participou de bate-papos na plataforma. Baseado em chats de voz e ainda sem previsão de lançamento para Android, o Clubhouse só permite o cadastro de membros que receberam convites, o que torna o app ainda mais exclusivo.

1. O que é o Clubhouse e como funciona?

O Clubhouse é uma rede social só de áudios, disponível apenas para iPhone (iOS) e que ainda está em versão beta de testes. Para criar uma conta no Clubhouse é necessário receber um convite de um contato que já usa a rede social, o que torna o app mais exclusivo, uma vez que o número de convites é limitado.

A plataforma funciona por meio de clubes e salas em grupo em que os participantes só podem se comunicar por áudio — o app não permite o envio de fotos ou mensagens de texto nas conversas. Além disso, os chats ocorrem sempre ao vivo, e as salas possuem os “speakers”, usuários que podem falar durante a conferência, e os “listeners”, que são os ouvintes da conversa.

No geral, o app é uma mistura de conferências de áudio, podcasts e chamadas ao vivo: a rede social permite criar grupos ou eventos para discutir um tema específico, que é sugerido ao usuário baseado nos tópicos de interesse selecionados ao criar um perfil na rede social — de maneira similar ao que acontece com as sugestões da aba “Para Você” do TikTok, por exemplo.

Clubhouse tem sistema de recomendação de salas baseado em interesses — Foto: Reprodução/Thássius Veloso

2. Como o Clubhouse ficou tão popular?

O app alcançou grande popularidade nas últimas semanas principalmente por conta do grande número de usuários da China que aderiram à rede social, além do aparecimento de personalidades famosas como o CEO da Tesla e SpaceX, Elon Musk, e o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, nos chats do Clubhouse. No Brasil, influenciadores digitais e youtubers como Pyong Lee e apresentadores como Celso Portioli e Luciano Huck já apareceram na rede social.

3. Como usar o Clubhouse?

A plataforma permite checar as salas de discussão em andamento no momento e as que estão marcadas para acontecer em breve. Para participar de um dos clubes, você deve selecionar o chat e, assim, entrará como ouvinte no bate-papo. Caso queira participar da conversa como um “speaker”, é possível tocar sobre o ícone de mão no menu inferior do app para pedir a palavra. Se o moderador do chat aceitar a sua solicitação, você também poderá participar da conversa discutindo com os demais participantes do grupo.

O limite máximo de membros para o bate-papo é de até 5 mil participantes até o momento, e os clubes não ficam mais visíveis na plataforma assim que os chats ao vivo terminam. Você também pode começar uma nova sala no Clubhouse: basta tocar em “Criar sala” e indicar os membros que participarão da conferência. Também é possível criar um evento pela plataforma, indicando uma data e horário para iniciar um novo bate-papo e adicionando uma descrição sobre o evento.

4. Como convidar no Clubhouse e conseguir convite?

Como o app ainda está em fase de testes, só é possível entrar no Clubhouse após receber um convite de alguém que já é membro. Cada novo integrante que começa a usar o Clubhouse ganha mais dois convites para enviar para os amigos. Para convidar um contato para a rede social, você deve abrir o app e tocar sobre o ícone de envelope no menu superior da tela.

Em seguida, você pode verificar quantos convites ainda estão disponíveis, seguido de uma lista com seus contatos. Para convidar um deles, basta tocar sobre o ícone ao lado de seus nomes que um link para cadastro será enviado para o contato via SMS.

5. Alternativas ao Clubhouse?

Apesar do Clubhouse ser uma rede social recente, algumas funcionalidades do app podem ser encontradas em outros apps de conversas. O Telegram, por exemplo, adicionou recentemente um novo recurso nos chats em grupo que permite criar conferências de áudio. Com ele, usuários ainda podem utilizar as outras funções do app, e os chats de voz não são excluídos automaticamente após as discussões. Além disso, os grupos no Telegram suportam mais de 200 mil membros.

Nos últimos meses, o Twitter anunciou um novo recurso para o microblog chamado de Audio Space, que também vai permitir chamadas de voz na rede social. Além deles, outra opção é o Discord, app de chamadas de voz que também permite participar de canais e servidores em grupo.

Redes sociais que (quase) todo mundo já usou

Quer receber um orçamento para criação de um site profissional?

Compartilhe esse contéudo com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *